Skip to content

Credo Sancta Ecclesiam Catholicam

junho 10, 2006


A existência de Deus não é objeto de fé, mas pode ser demonstrada racionalmente.

Também podemos conhecer pela razão os atributos divinos.

Deus revelou-se, então? Como saber?

Por que creio?

Num primeiro momento, recebi a fé de meus pais, acreditei no que meus pais me ensinaram.

Aceitar a fé dos pais não garante que ela seja verdadeira.

Se meus pais fossem muçulmanos, eu teria sido criado como muçulmano.

Tradições familiares condicionam as crenças pessoais. Ninguém escapa disso. Pais ateus vão educar seus filhos fora da influência de qualquer religião.

Para que a fé seja madura, é preciso que ela possua razões a seu favor.

Tão logo alcancei a razão, comecei a me perguntar sobre a plausibilidade da fé que meus pais me ensinaram.

Descobri que ela foi transmitida pela Igreja Católica, e que a Igreja Católica foi fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo.

A base de minha fé deslocou-se da palavra de meus pais para a palavra da Igreja.

Por que crer na Igreja?

Para isso estudei sua história. Dois mil anos de propagação do Evangelho. Tantos episódios extraordinários, tantas reviravoltas. Grandes santos e pecadores, grandezas e misérias. Um verdadeiro prodígio de Deus!

Tudo começou com Nosso Senhor crucificado entre ladrões. Como explicar que seus discípulos tão medrosos se tornassem arautos destemidos do Salvador? Como entender a expansão do Evangelho no Império Romano e depois entre os bárbaros? Que força foi essa que ergueu a Europa em ruínas e forjou uma civilização nova? Que ímpeto motivava os missionários a cruzar os oceanos para pregar aos povos mais distantes? E quantos santos, quantos milagres! Quantas vezes a Igreja pareceu soçobrar, mas acabou triunfando!

Apesar da mediocridade e dos dias de crise, das fraquezas e pecados de seus filhos, a Igreja atravessou dois mil anos de história fiel ao seu fundador. Não há como negar a ação do poder divino nela. “… as portas do inferno não prevalecerão…” (Mt 16,18b).

É o testemunho da Igreja que sustenta meu testemunho.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: