Skip to content

Distorcendo os fatos

fevereiro 4, 2009

Vaticano exige que bispo peça desculpas por negar Holocausto

Cidade do Vaticano, 4 fev (EFE).- O Vaticano exigiu hoje que o bispo Richard Williamson se desculpe publicamente por ter negado o Holocausto e volte atrás em suas declarações se quiser exercer seu sacerdócio dentro da Igreja, segundo informou a Santa Sé.

Em comunicado da Secretária de Estado, a Santa Sé precisou que Bento XVI “desconhecia” a posição do prelado tradicionalista “no momento de revogar a excomunhão”.

O Vaticano também exigiu da Fraternidade São Pio X, fundada pelo arcebispo Marcel Lefebvre e à qual pertencem Williamson e os outros três cujas excomunhões o papa anulou, que se quiser ser reconhecida pela Santa Sé é “indispensável” que reconheça plenamente o Concílio Vaticano II.

O Vaticano precisou que a revogação da excomunhão só representa supõe a “abertura de uma porta ao diálogo” com os “lefebvrianos”, que a situação jurídica da Fraternidade São Pio X “não mudou”, por isso não goza de reconhecimento canônico dentro da Igreja.

A Santa Sé lhe exige como “condição indispensável” para seu futuro reconhecimento canônico “o pleno reconhecimento do Concílio Vaticano II e dos magistérios dos papas João XXIII, Paulo VI, João Paulo I, João Paulo II e Bento XVI”.

Além disso, o Vaticano reitera de novo que as posições de Williamson sobre o Holocausto “são absolutamente inaceitáveis e totalmente rechaçadas por Bento XVI”.


Comento:

A retirada da excomunhão dos quatro bispos da SSPX é algo que vai contra os interesses de muita gente na Cúria Romana. Isto explica porque o anúncio foi feito de modo tão descuidado.

O bispo Williamson, negando o Holocausto, forneceu munição farta para a imprensa anticatólica, distorcendo o gesto de boa vontade do Sumo Pontífice para com os bispos ordenados ilicitamente pelo arcebispo Marcel Lefebvre.

A impressão que se tem é que admitir os cismáticos à comunhão da Igreja equivale a minimizar a questão do Holocausto.

É muito conveniente para os inimigos de Deus caluniar Sua Santidade Bento XVI, que tenta de vários modos reverter os excessos e abusos cometidos após o Concílio Vaticano II dentro da Igreja, tanto na liturgia como na doutrina.

Oremos pelo Papa!

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: