Skip to content

Coragem

julho 23, 2010
tags:

Dizem alguns ateus que abraçar o ateísmo é a opção mais corajosa que alguém pode fazer. Mas ser corajoso significa enfrentar o medo. Qual medo exige coragem do ateu? O medo do nada? Mas o nada não é algo, o nada simplesmente não é. Como o ateu pode temer o não-ente, o que não existe por definição?

Também, ao menos no Ocidente secularizado, onde o ateísmo é visto como uma posição intelectualmente superior e respeitável, o sujeito não precisa ter a coragem de “enfrentar o sistema” para se proclamar ateu.

Talvez o ateu tenha receio de entrar em conflito com a religião de seus familiares. Só que isto não o distingue, por exemplo, do convertido cristão em uma família não-cristã.

Não. Se o ateu se diz mais corajoso em sua escolha, o medo que enfrenta só pode ser o medo de que possa estar errado, de que realmente Deus exista e ele tenha posto sua alma a perder.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: