Skip to content

Alienígenas entre nós

novembro 6, 2011

Alguns podem achar que a existência de vida inteligente em outros mundos, ou a idéia de que a vida surgiu naturalmente no Universo, sem intervenção divina, demonstram que a Igreja está errada e que Deus é uma “hipótese desnecessária” (Laplace). Ledo engano. Já na Idade Média, Santo Agostinho e Santo Tomás de Aquino afirmavam que a origem da vida era um processo natural. Obviamente, nenhum dos dois aceitaria o mecanicismo da ciência moderna, que reduz tudo a números e elimina a noção de finalidade.

Existe vida inteligente em outros planetas? Alienígenas são reais? Se olharmos para o estado atual da ciência, a melhor resposta é um decepcionante “não sabemos”. E não sabemos porque não se faz a menor ideia de como a vida surgiu na Terra. Existem muitas teorias, mas todas elas não são mais que palpites reducionistas cheios de furos. Por exemplo, alguns cientistas dizem que a vida se formou quando surgiram moléculas de RNA capazes de se reproduzir. Infelizmente, as probabilidades disso ocorrer espontaneamente são ínfimas, mesmo considerando o número de reações químicas que ocorreram em todo o Universo desde o Big Bang (para um discussão mais detalhada, ver o livro “Signature in the Cell – DNA and the Evidence for Intelligent Design”, de Stephen C. Meyer, HarperOne, 2009, especialmente o capítulo 14).

Se não sabemos como a vida surgiu, não sabemos quais as chances de a vida surgir em outros planetas. Mas, considerando os elementos necessários para a manutenção da vida, é razoável supor que, se existir vida inteligente em outros mundos, ela deve ser bastante rara.

Admitindo que existam alienígenas, ou seja, animais racionais, vivendo em estrelas distantes, eles não seriam diferentes de nós (a não ser pela aparência). Animal racional é a definição filosófica de nossa espécie.

Por serem racionais, os alienígenas humanos teriam, como nós, almas imediatamente criadas por Deus. Por não serem da descendência de Adão, contudo, não teriam o nosso pecado original. É possível especular, então, que em alguns mundos não teria ocorrido a Queda, e os seus habitantes seriam imaculados, sem pecado. Em outros mundos, Deus poderia não ter elevado os seres racionais até a ordem sobrenatural. E, em outros, ainda, teria havido Queda, mas não Redenção. Há espaço aqui para todo o tipo de ficção teológica.

Por mais fascinante que seja a ficção, porém, temos certeza de que existe um outro tipo de vida inteligente, superior a qualquer animal racional que possa existir: os anjos.

Anjos são puramente imateriais. Eles não pensam como nós, não dependem dos sentidos para conhecer as coisas. Os anjos conhecem as essências diretamente, por intuição. Anjos não demonstram teoremas, eles simplesmente sabem o que é verdadeiro e o que é falso. Sua capacidade intelectual é superior, qualitativamente, a de qualquer inteligência que depende da matéria para conhecer, pois eles estão na mesma esfera dos inteligíveis. Um anjo não precisa de memória física ou processamento numérico e simbólico para chegar a uma verdade. Não precisa de uma nave espacial para ir de um planeta a outro. As leis da física não governam seu comportamento.

De fato, os anjos são os verdadeiros alienígenas, e eles estão entre nós há muito tempo.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: