Skip to content

O sexo tem um propósito

janeiro 2, 2012

Diferente do que muitos pensam, a Igreja não é “contra o sexo”, nem considera o sexo em si mesmo como impuro. O que a Igreja afirma é que o sexo possui um fim dado por Deus, e este fim não é o prazer, mas a formação de uma família.

Sendo a família a base de toda a sociedade, é natural que a união do homem e da mulher deva ser protegida pelo Estado. Existe um aspecto social do casamento: a relação entre os cônjuges não se esgota neles mesmos, mas também afeta e diz respeito a toda a comunidade humana.

Qualquer pecado relacionado ao sexo é um pecado que desvia o sexo de sua finalidade. É uma ameaça direta à família e, portanto, algo gravíssimo.

Assim, a pornografia, a prostituição, a fornicação, o adultério, os atos homossexuais, são severamente condenados pela Igreja, ao mesmo tempo que o casamento, a família, são bens inegociáveis.

Quem faz da busca do prazer, especialmente o prazer sexual, o objetivo de sua vida, acaba encontrando o vazio, pois é impossível encontrar a felicidade indo contra a própria natureza.

A natureza humana alcança seu fim não por meio do prazer proporcionado pelas criaturas, mas sim através da união com o bem supremo que é Deus. 

“Fizeste-nos para Ti, e inquieto está o nosso coração enquanto não descansar em Ti” (Santo Agostinho).

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: