Skip to content

Um bispo e a maçonaria

abril 26, 2012

É lícito ao católico tomar parte em uma associação que prega o relativismo religioso, segundo o qual a crença é irrelevante para o destino eterno do indivíduo? É lícito ao católico participar de rituais secretos invocando uma divindade que não é o Deus de Abraão, Isaac e Jacó, que não é o Deus de Nosso Senhor Jesus Cristo, Pai, Filho e Espírito Santo, mas um deus distante, que criou o Universo e o deixou abandonado a si mesmo? É lícito ao católico unir-se a uma instituição que durante séculos conspirou, e ainda conspira, contra a Igreja, pregando um laicismo hostil ao catolicismo? É lícito ao católico cooperar com uma “fraternidade” que estimula seus membros a fazer parte de uma seita esotérica, ocultista, gnóstica (Rosacruz)?

Por certo que não. Muito menos é lícito a um bispo, guardião da fé, pastor de almas, estabelecer contatos amistosos e prestar homenagem a uma associação, uma instituição, uma “fraternidade”, que pratica exatamente as coisas condenáveis acima mencionadas: a maçonaria. No entanto, infelizmente, foi o que se deu com o bispo de Jales, Dom Demétrio Valentini (o distinto senhor de óculos e trajes seculares que aparece ao microfone na parte do meio da imagem acima), que discursou no último dia 10 de abril por ocasião do aniversário de 53 anos da loja maçônica daquela cidade. O bispo pregou o diálogo entre a Igreja e a maçonaria, alegando que as duas instituições estão “maduras” para tanto.

Tudo isso é lamentável e, sobre o comentário infeliz do epíscopo, só tenho uma coisa a dizer: não, senhor bispo, não é a “imaturidade” de parte a parte que impede uma reconciliação entre a Igreja e a maçonaria. Trata-se de incompatibilidade de princípios. Só há um modo de se relacionar neste caso: deixando bem claro que não dá para ser católico e maçom ao mesmo tempo, e que os católicos não podem cooperar com os maçons de um modo que relativize ou prejudique a fé.

Oremos pela conversão dos maçons, oremos pela sua salvação, mas não nos misturemos com seus erros. E roguemos a Deus que dê discernimento e converta os bispos que não protegem sua grei.

Segue declaração oficial da Santa Sé sobre o tema:

CONGREGAÇÃO PARA A DOUTRINA DA FÉ

DECLARAÇÃO SOBRE A MAÇONARIA

Foi perguntado se mudou o parecer da Igreja a respeito da maçonaria pelo fato que no novo Código de Direito Canónico ela não vem expressamente mencionada como no Código anterior.

Esta Sagrada Congregação quer responder que tal circunstância é devida a um critério redacional seguido também quanto às outras associações igualmente não mencionadas, uma vez que estão compreendidas em categorias mais amplas.

Permanece portanto imutável o parecer negativo da Igreja a respeito das associações maçônicas, pois os seus princípios foram sempre considerados inconciliáveis com a doutrina da Igreja e por isso permanece proibida a inscrição nelas.  Os fiéis que pertencem às associações maçônicas estão em estado de pecado grave e não podem aproximar-se da Sagrada Comunhão.

Não compete às autoridades eclesiásticas locais pronunciarem-se sobre a natureza das associações maçónicas com um juízo que implique derrogação de quanto foi acima estabelecido, e isto segundo a mente da Declaração desta Sagrada Congregação, de 17 de Fevereiro de 1981 (cf.  AAS 73, 1981, p. 240-241).

O Sumo Pontífice João Paulo II, durante a Audiência concedida ao subscrito Cardeal Prefeito, aprovou a presente Declaração, decidida na reunião ordinária desta Sagrada Congregação, e ordenou a sua publicação.

Roma, da Sede da Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé, 26 de Novembro de 1983.

Joseph Card. RATZINGER

Prefeito

+ Fr. Jérôme Hamer, O.P.

Secretário

(link: http://www.doctrinafidei.va/documents/rc_con_cfaith_doc_19831126_declaration-masonic_po.html)

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: