Skip to content

Deus e a Física

julho 20, 2014

God-and-the-New-Physics-b-001

A Física extrai da realidade apenas os aspectos quantitativos e, portanto, matematizáveis. Para fazer sentido, ela depende da aceitação de uma série de fundamentos metafísicos e epistemológicos: a existência de um mundo exterior, a existência do movimento, a contingência dos seres, a crença numa ordem natural estável, a crença na repetibilidade de experimentos, na capacidade dos sentidos de assimilar algo da estrutura objetiva do mundo. O materialismo da Física é apenas metodológico, no sentido de que ela busca sempre uma descrição dos acidentes quantificáveis das coisas materiais (uso aqui o significado aristotélico para o termo: um ente material é o que é passível de mudança substancial, sendo a matéria aquilo que se mantém durante a mudança), sem ir adiante, sem indagar-se e sem poder investigar de onde vem ou o que é em última análise o Universo material e sua estrutura matemática. As leis da Física são apenas uma descrição sintética de como modelar com números e geometria certas propriedades, sem se preocupar com a origem última ou a apreensão da totalidade de seu objeto. Deus, deste modo, está fora do alcance da Física, já que é impossível “medir” Deus em um laboratório.

One Comment leave one →
  1. julho 22, 2014 10:28 am

    Muito bom, somos amantes da Física, e à Deus devemos adoração, Ele é sumo Bem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: